Promoções Programação Passeios Espaço para Eventos Contato

VIVA GUARUJÁ O ANO TODO!

VIVA GUARUJÁ O ANO TODO!

VIVA GUARUJÁ O ANO TODO!

VIVA GUARUJÁ O ANO TODO!

1 2 3 4

Hotelaria mobilizada

Hotelaria mobilizada

Ricardo Roman Andress Jr, presidente da ABIH-SP é hoteleiro em Guarujá

Uma hotelaria de São Paulo pede mobilização

Alinhados às demais entidades do setor de viagens e turismo, alertamos que é iminente a falência dos meios de hospedagem, com dramáticas consequências sociais. Unidos para mais de 32 milhões de meios de hospedagem existentes no Brasil, estado de São Paulo, somos cerca de 12 milhões de empreendimentos, que geram uma economia nacional mais de R $ 13 bilhões por ano e 150 mil empregos diretos.

O que fazer?

Junto à Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, obter o governo paulista de abertura de linhas de crédito. De concreto, até agora, temos uma linha de crédito turístico do Governo do Estado. Recomendamos todos os hotéis que consultam www.creditoturistico.com.br . É bem simples. Faça o cadastro que, até o dia seguinte, algum banco público entre em contato. Eu mesmo já testei e realmente funciona. Porém, isso não basta. No âmbito federal, estimamos que um milhão de empregos mantidos pelo Setor como um todo também estão ameaçados. Precisamente o governo federal também oferece créditos facilitados para o setor .

Nossa lista de reivindicações inclui: linha de crédito incentivada para sustentação ao fluxo de caixa e cobertura de todas as despesas fixas; subsídios para pagamento de folha de funcionários, evitar o desemprego; incentivar acordos trabalhistas; segurança jurídica junto à CLT e moratória no recolhimento de impostos federais, estaduais e municipais enquanto durar uma crise, para pagamento posterior parcelado (Refis).

Defina também que os governos priorizam os pequenos hotéis e garantem o apoio financeiro às Estâncias e Municípios da Interesse Turístico, com um gerenciamento compartilhado de recursos, usando ferramentas de gerenciamento de conselhos municipais de turismo.

Estamos dispostos a abrir como portas dos hotéis para contribuir com a ampliação da rede de suporte às equipes de saúde e hospedar quem deve ficar em quarentena. Basta que as autoridades competentes regulem os protocolos de atendimento. Sempre disposto a dialogar, estejamos todos atentos às medidas do governo federal e estadual que serão lançadas nesta semana. Não vamos entrar no pânico. Recomendamos a todos que evitem demissões. Calma. Em breve, prometeram anunciar novas medidas.

Unidos somos mais fortes

Hoteleiros do estado de São Paulo, agora é fundamental que mobilize ou comercialize locais e presentes como nossas reivindicações e o registro da sua cidade. A ABIH Nacional atua junto ao governo federal, assim como a ABIH-SP e demais a ABIH atua junto aos estados estaduais. O momento requer a participação de todos. Conte com o apoio da ABIH-SP, pelo telefone: 11 3285-4193 e e-mail: presidencia@abihsp.com.br .

Mantenham, conforme recomendado, todos os protocolos de higienização e prevenção ao contágio do Covid-19, conforme orientações sanitárias.

Essas atitudes comprovadas na comunidade hoteleira de São Paulo têm uma clareza de seu papel na sociedade, geração de desenvolvimento sustentável, renda e emprego.

Ricardo Andres Roman Jr.
Presidente da ABIH-SP